Notícias


GANHADORES DO XVI PRÊMIO ABRALOG
BX LOG completa três anos de mercado com expansão de mais de 50% ao ano
Por maioria de votos, STJ refuta a incidência de juros sobre multa perdoada o REFIS
Assinado decreto que regulamenta o Rota 2030
BLOCKCHAIN CONECTA TODA A CADEIA LOGÍSTICA EM TEMPO REAL
CNT REALIZA 10º SONDAGEM
ABRALOG LANÇA A NEWS 'LOGÍSTICO'
LOGÍSTICA É CHANCE DE NOVO GOVERNO RETOMAR CRESCIMENTO
BLOCKCHAIN , CAMINHO SEM VOLTA
EVENTOS REGIONAIS AJUDAM LOGÍSTICA
ABRALOG PARTICIPA DA 5ª LOGISTIQUE
A INFRAESTRUTURA DO AMANHÃ
E-COMMERCE NA LOGÍSTICA
PUBLICADA PORTARIA SOBRE ICMS-ST DECLARADO E NÃO PAGO
INOVAÇÃO E MUNDO 4.0 NA FUTURECOM
ABRALOG ANALISA EM SÃO PAULO A LOGÍSTICA DE RADIOFÁRMACOS
ABRALOG NA REVISTA ESPECIAL DO JORNAL VALOR ECONÔMICO
KIABI ESCOLHE A ID LOGISTICS PARA GERENCIAR AS OPERAÇÕES LOGÍSTICAS NO BRASIL
ABRALOG NA CNT COM CLÉSIO ANDRADE
ABRALOG VISITA A AUTOTRAC
ABRALOG VISITA A AUTOTRAC
O PRÊMIO ABRALOG DE LOGÍSTICA E SEUS GRANDES CAMPEÕES
GRUPO EMBA EPS CHEGA À ABRALOG
MAKRO, AMBEV, 3M E BRASPRESS JÁ GANHARAM O PRÊMIO ABRALOG
COMITÊ DE INOVAÇÃO EM DISTRIBUIÇÃO
SUPPLY CHAIN NA ERA DIGITAL
COMO SERÁ O PROGRAMA DE INOVAÇÃO
FÓRUM DEBATE MEDICAMENTOS
GESTÃO DA INOVAÇÃO NA LOGÍSTICA
TRANSPORTE DE MEDICAMENTOS
#OBRASILPRECISADELOGISTICA
INOVAÇÃO EM DISTRIBUIÇÃO
FRETE BRASIL TERCEIRA EDIÇÃO
A CRISE LOGÍSTICA BRASILEIRA
ABRALOG APOIA BANCO MUNDIAL
DESCOBERTA PELO CAMINHO DOLORIDO
CALCULADORA DE GALPÃO LOGÍSTICO
GLP INICIA FASE 2 DE CONDOMÍNIO
FRONIUS INAUGURA NOVA SEDE
AUTOTRAC, 25 ANOS. CAMPEÃ!
CNT LANÇA CONECTA POR INOVAÇÃO
ABRALOG E BNDES MIRAM PARCERIA
O QUE FAZ A ONESHIP DA PITNEY BOWES
CNL É SUCESSO NA INTERMODAL
PARA ACELERAR O E-COMMERCE
OMINICHANNEL REDUZ CUSTO
TEMOS TECNOLOGIA PARA OMINICHANNEL
AUTOTRAC E AS TECNOLOGIAS MÓVEIS
C&A FALA SOBRE TRANSPORTE NA CNL
FUTURO DO TRANSPORTE ENCERRA CNL
OS GANHOS DA MULTIMODALIDADE
O CONSUMIDOR NO COMANDO
INTERMODAL ABRE COM ABRALOG
LONGO CURSO E MULTIMODALIDADE
BLOCKCHAIN NA INTERMODAL
CNL DISCUTE SUPPLY CHAIN
ÚLTIMAS VAGAS PARA A CNL
VISITE A ABRALOG NA INTERMODAL
AZUL DISCUTE LEAD TIME
LOGÍSTICA NO CAMPO
ABRALOG VAI AO BNDES
CODESP FECHA O ANO NO VERDE
MORRE O EMPRESÁRIO RAUL RANDON
GLP APRESENTA TECNOLOGIA DE PONTA
ABERTAS INSCRIÇÕES PARA A XXI CNL
ENERGIA EÓLICA ENCOSTA EM ITAIPU
GM EXPANDE NO ABC PAULISTA
ID LOGISTICS INOVA EM PARIS
VOLVO CONTRATA 250 FUNCIONÁRIOS
CABOTAGEM É FOCO NA INTERMODAL
ALCIS É PARCEIRO GOLD DA ORACLE
AMAZON NEGOCIA GALPÃO NO BRASIL
ENGEBANC AGORA É NAI BRAZIL
FRONIUS INOVA EM BATERIAS
INFRAERO LANÇA LICITAÇÕES NO SUL
INTERMODAL ABRE COM ABRALOG NA FEIRA
VEJA O PROGRAMA DA XXI CNL
PROJETO CORREDORES LOGÍSTICOS
HIDROVIA PARA O PORTO DE SANTOS
REGULAMENTO XVI PRÊMIO ABRALOG
XVI PRÊMIO ABRALOG
ALMEIDA PRADO NA PRESIDÊNCIA
GLP VÊ CRESCIMENTO EM GALPÕES
APROVADO MARCO DO TRC
NOSSA LOGÍSTICA É O GP BRASIL DE F1
BLOCKCHAIN, O NOME DO FUTURO
LOGÍSTICA NO CRF DE CAMPINAS
ABRALOG APOIA POSIÇÃO DA CNT
CNT: RODOVIAS PIORAM NO PAÍS
ANDREANI AMPLIA ÁREA DE FÁRMACOS
ABRALOG APRESENTA O BLOCKCHAIN
VI FROTAS & FRETES VERDES
16ª PRODUÇÃO MAIS LIMPA EM SP
BX ADQUIRE HUAWEI LOGISTICS
DISCURSO EVENTO AUTOTRAC
EVENTO COM NELSON PIQUET
XV PRÊMIO ABRALOG
ABRALOG NA INTERMODAL
EVENTO DE LOGÍSTICA FARMACÊUTICA LOTA AUDITÓRIO DA ABRALOG
DESAFIO DOS PRODUTOS PERIGOSOS
O MOMENTO DO REAL ESTATE
PORTO DE SANTOS VIA HIDROVIA
ENTRELACES LOGÍSTICOS
XIII
CNT REVELA PAVIMENTOS RUINS
NICK VYAS ABORDA GLOBAL SUPPLY
ANEFAC: LOGÍSTICA TRIBUTÁRIA
EM EVENTO, ID SIMULA ENTREGA
LOGÍSTICA TRIBUTÁRIA NA ANEFAC
PARA A EUROPA, VIA AMAPÁ
AUMENTO É GOLPE NA LOGÍSTICA
REFORMA TRABALHISTA É AVANÇO
MORRE ANA AMÉLIA BALDI
MERCADO LIVRE NA ABRALOG
PALESTRA NO GPA
RASTREAMENTO DE FROTA DE TRENS
ABRALOG NA TRANSPOSUL
OS CORREDORES LOGÍSTICOS
OS DESAFIOS DO OMNI-CHANNEL
EMPRESAS NO COMITÊ DE RISCO
ANTT PROPÕE PARCERIA COM ABRALOG
BNDES AINDA DIFÍCIL PARA EMPRESAS
ASSOCIADO NO 28º POMS
ID: INOVAÇÃO EM LOGÍSTICA
RIOGALEÃO NA BRASIL OFFSHORE
ID: IVECO À GÁS NO CARREFOUR PARIS
FERROANEL, MOEDA DE TROCA?
6 DE JUNHO, DIA DA LOGÍSTICA
LOG COMMERCIAL, NOVA APOIADORA
IPTC NO COMITÊ DE RISCO
ABRALOG ESCLARECE
MARTINS LANÇA NETFLIX DO VAREJO
COMITÊ DE RISCO PLANEJA 2017
ABRALOG NA INTERMODAL 2017
ANUÁRIO É LANÇADO NA INTERMODAL
INFRAERO FAZ VOO DE NEGÓCIOS EM SP
PAPERLESS É INEVITÁVEL
PESQUISA É DESTAQUE NO VALOR
ABRALOG APOIA ANEFAC EM EVENTO
EXECUTIVO DE VENDAS - AÉREO
ANUÁRIO É LANÇADO NA INTERMODAL
ANALISTA COMERCIAL
PESQUISA MOSTRA O FRETE NO PAÍS
'NÃO PODERÍAMOS FICAR FORA
RODRIGO BACELAR RETORNA À ID
VAGA: CARGA AÉREA
PERFIL DA CARGA BRASILEIRA
BRASIL PASSADO A LIMPO
FRONIUS CHEGA À ABRALOG
COMITÊ ANALISA MERCADO
TALENTOS SENAC, VITRINE PROFISSIONAL
GLP FAZ EVENTO DE FIM DE ANO
CONSELHEIRO FALA A ESTUDANTES
REGIONAL SUL E INFRAESTRUTURA
TUDO SOBRE LOGÍSTICA
VISITA É FÁBRICA DE APRENDIZADO
VISITAMOS A FÁBRICA DA JDE COFFEE
FRETE DEVE BAIXAR, DIZ CARILLO
RIOGALEÃO ESTÁ NA ABRALOG
COMITÊ FARMACÊUTICO FARÁ PESQUISA
OTM ANUNCIA MELHORES E MAIORES
FROTAS E FRETES VERDES 2016
SUPPLY CHAIN E CONDOMÍNIOS
PRESENÇA DO COMITÊ FARMA
VP FALA DE AUDITORIA LOGÍSTICA
ABRALOG NO SUPPLY CHAIN GPA 2016
MORRE ELZA PANZAN
DIRECT SHOPPING, 1 ANO COM BX LOG
I ENCONTRO SENAC RJ
CONCESSÕES: HÁ RUIDO
MOVIMAT FOI GRANDE EVENTO
REAL ESTATE RETOMA SUBIDA
A VEZ DA TECNOLOGIA 4.0
CD DO RIO 16, O MELHOR DE TODOS
VAREJO-INDÚSTRIA: TIME DE PONTA
LOGÍSTICA PODE FAZER HISTÓRIA
TODOS OS PAINÉIS DA XX CNL
ABRALOG VÊ PACOTE COM ESPERANÇA
ABRALOG SUL: MELHOR É AEROPORTO
EXECUTIVOS TOP DEBATEM VAREJO
DESPACHO ADUANEIRO É VITAL
LOGÍSTICA, CRUCIAL PARA REMÉDIOS
XX CNL DESTACA TECNOLOGIA
DESAFIOS DA LOGÍSTICA FARMACÊUTICA
CNL COMEMORA 20 ANOS
NOVO VÍDEO DA CNT
QUEM É O LOGÍSTICO BRASILEIRO
REDUZIR O CUSTO LOGÍSTICO
MOREIRA FRANCO: FALTAM PROJETOS
REAL ESTATE, PESQUISA E XX CNL
A ABRALOG E O REAL ESTATE
O PROBLEMA É A INFRAESTRUTURA
BRASIL SOBE NO RANKING LOGÍSTICO
LOGÍSTICA FARMACÊUTICA NA XX CNL
UM "MERCADO" DE R$ 1 BILHÃO
GPA, NOVO APOIADOR DA ABRALOG
A LOGÍSTICA BRASILEIRA HOJE
APRESENTAÇÃO RIO 2016
SKAF PEDE RETOMADA ECONÔMICA
PACTO PARA SAIR DA CRISE
VP DÁ PALESTRAS EM NATAL
PRESTADOR X EMBARCADOR
BRASIL CAI MAIS, AGORA É 57º
UM MOMENTO MÁGICO, ÚNICO
NÃO É FÁCIL, MAS PODE SER FEITO
DIRETORES FALAM AO VALOR
A ESTREIA DO COMITÊ DE REAL ESTATE
BX LOG, NOVA MARCA DE OPERADOR
ABRALOG FALA NO PÃO DE AÇÚCAR
NADA COMO UMA CRISE
ARTESÃOS DA LOGÍSTICA
O CENTRO LOGÍSTICO DA RIO 2016
TRILHOS PELO BRASIL
CONDOMÍNIO NÃO É GALPÃO
A ABRALOG É DESTAQUE NO VALOR
HIDROVIA ALAVANCA LOGÍSTICA
workshops 2016
PITNEY, NOVA SÓCIA-APOIADORA
MEDALHA JK PARA PEDRO MOREIRA
ALCIS APRESENTA ROADNET
A NOVA LOGÍSTICA DA SANEAGO
NOSSO PORTAL EM 2015
INFRAERO LICITA CENTRO LOGÍSTICO
DOCPHARMA, NOVA ASSOCIADA
LOGÍSTICO NÃO SE ABATE NA CRISE
VENCEDORES DO XIII ABRALOG
CLIENTE SANA PROBLEMA COM ALCIS
COMITÊ INDÚSTRIA E VAREJO
ÓTIMA PARA SÓCIOS E MERCADO
ALCIS PREMIA ABRALOG
EM TEMPO DE CRISE, TIRE O S
SENAC TRANSMITE PALESTRA
COMO O LEÃO VAI AGIR EM 2016
LOGÍSTICA TEM SEU ANUÁRIO
ESTRADAS CONTINUAM RUINS
ABRALOG NO TALENTOS SENAC-RJ
63,2 BI ACERTAM LOGÍSTICA DO SE
ASSOCIADOS NA MOVIMAT RECIFE
2016 20th Annual 3PL Study
MAIS VERBAS PARA INFRAESTRUTURA
FEMSA ADQUIRE A ATLAS
CHEIAS NO SUL
O DIFÍCIL RASTREAR DE REMÉDIOS
ANVISA SUSPENDE RASTREABILIDADE
BRASIL DESPENCA 18 POSIÇÕES
CONTEÚDOS DA XIX CNL
LANÇADA REGIONAL SUL
PARCERIA COM GOVERNO DO RS
FÓRUM EXTRA
COMO FOI NEIL COLLINS
FRETE AFETA MUITO E-COMMERCE
O DIA D VAI SER OFICIALIZADO
XIX CNL CONECTOU A LOGÍSTICA
ABRALOG CONVIDADA PARA CONIT
LOGÍSTICOS FAZEM SUA PARTE
DIA D VAI SER OFICIALIZADO
COMITÊ DE TECNOLOGIA INICIA NA STILL
MOVIMAT E CNL EM AEROPORTOS
PESQUISA FGV
PALESTRA NEIL COLLINS
EMBARCADORES, MAIOR PESQUISA
SEMINÁRIO GERA PARCERIA
ABRALOG APOIA 'NA MÃO CERTA
A ATUAÇÃO DO SENAC-RJ - CURSOS
A ATUAÇÃO DO SENAC-RJ
ABRALOG VOLTA AO MINISTÉRIO
RASTREAMENTO EM MEDICAMENTOS
FÓRUM DO COMITÊ FARMA
CIRCUITO LOGÍSTICO EM BRASÍLIA
PELT É LANÇADO PELA ABRALOG
EXCLUSIVO: TERCEIRIZAÇÃO
GUIA, FERRAMENTA ÚTIL
MINISTRO ABRE CNL NESTA TERÇA
EVENTO COMPLETO
EVENTO COMPLETO
VISITA TÉCNICA SENSACIONAL
SÃO JOSÉ SERIA EXCELENTE PLATAFORMA LOGÍSTICA
ABRALOG VISITA EMBRAER
ABRALOG LANÇA PELT
BRASIL PRECISA DE MAIS ABRALOG
PACOTE, FALTOU A MULTIMODALIDADE
COMITÊ DE LOGÍSTICA FARMACÊUTICA
MINISTRO RECEBE ABRALOG
PERDAS DA SOJA E MILHO
CRIADA A ABRALOG CENTRO-OESTE
VÍDEO DA ABRALOG CENTRO-OESTE
CRIADA A ABRALOG CENTRO-OESTE
E-COMMERCE AQUECE CONDOMÍNIOS
GOVERNADOR DO TOCANTINS CONVIDA ABRALOG
PROGRAMAÇÃO DA VISITA A EMBRAER
VISITA TÉCNICA A EMBRAER
VOTE, A TERCEIRIZAÇÃO É BEM-VINDA
PRÊMIO ABRALOG, ANÚNCIO
VEJA COMO ESTÁ A GREVE
PRIMEIRO CARGUEIRO A GÁS
LUTO: MORRE ADRIAN PESCIALLO
LEI DO MOTORISTA COMEÇA A VALER
ARMAZÉM SUSTENTÁVEL
JESÚS HERNANDEZ NA ID LOGISTICS
SUSTENTABILIDADE, MANDAMENTOS
LOGÍSTICA REVERSA DE LÂMPADAS
NÓ TRIBUTÁRIO E REFORMA
MAIO AMARELO PELO TRÂNSITO
ÔNIBUS MOVIDO A BIOMETANO
EMPRESAS DESCONHECEM RISCOS
TICKET CAR, NOVO SÓCIO APOIADOR
O QUE MUDA COM A LEI
ALL X RUMO: SANTOS VAI MELHORAR
TOXICOLÓGICO CONTRA ACIDENTES
ID LOGISTICS AUMENTA FATURAMENTO
CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO
A IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE DE RISCO
MORRE MARIA DO CARMO VILAÇA
CAMPANHA ACIDENTES DE TRÂNSITO
NOVAS CATEGORIAS EM 2015
LOGÍSTICA VAI AJUDAR EM 2015
QUEM VENCEU O XII ABRALOG
NÃO TEM COMO NÃO USAR LOGÍSTICA
FM LOGISTIC VAI DAR LUCRO EM 2015
LOGÍSTICA, ÁREA DE OPORTUNIDADES
SUSTENTABILIDADE FAZ 3ª REUNIÃO
ENTREVISTA 'NA ESTRADA"
ENTREVISTA: COMPRAS ELETRÔNICAS
MANIFESTO AOS PRESIDENCIÁVEIS
FERROVIAS NA MIRA DO EXTERIOR
ID LOGISTICS QUER CRESCER 100%
LANÇADA FRENTE MULTIMODAL
SÓCIOS TÊM AUDITÓRIO EM FEIRA
BNDES TEM 2 BI PARA BR 040
BRASIL NOS TRILHOS BATE RECORDE
LOGÍSTICA E AQUECIMENTO GLOBAL
XVIII CNL, ATRAÇÕES DO 1º DIA
EDUARDO CAMPOS ERA ESPERANÇA
CONCESSÕES RECEBEM SÓ 2,5%
A LOGÍSTICA É ESSENCIAL
EVENTO DEBATERÁ SEGURANÇA
ABRALOG PRESENTE NA ABAD 2014
IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA NO VAREJO
LOGÍSTICA NA BR WEEK 2014
NOTÍCIAS DE LOGÍSTICA ON LINE
COMITÊ ABORDA TEMAS CRUCIAIS
ABRALOG DESTAQUE NO VALOR
PALESTRANTES INTERNACIONAIS
V PESQUISA PERFIL DO LOGÍSTICO
EM BUSCA DE SOLUÇÕES LOGÍSTICAS
MULTIMODALIDADE NO DIA DA LOGÍSTICA
VILAÇA DEIXA A ANTF APÓS 10 ANOS
LEI DO MOTORISTA TEM DE "PEGAR"
NA CRISE, FERROVIA CRESCE
ganhadores
SEMINÁRIO TRIBUTAÇÃO AMBIENTAL
A QUARESMA DE 150 DIAS
TRIBUTAÇÃO AMBIENTAL
ANDREANI ABRE 8ª UNIDADE NO PAÍS
RASTREAMENTO TAMBÉM É EFICIÊNCIA
30% PARA TRANSPORTE NÃO FOI INVESTIDO
MTO NOVA APOIADORA DA ABRALOG
ABRALOG REFORÇA NOSSA LOGÍSTICA
SUSTENTABILIDADE NOS NEGÓCIOS
SITL PARIS, O EVENTO DE LOGÍSTICA
RESERVE SUA AGENDA: CURSOS 2014
PEDIDOS DA ABRALOG PARA 2014
GANHADORES DO XI PRÊMIO ABRALOG
RODOVIÁRIO TEM RISCO DE US$ 4 BI
MBA EM LOGÍSTICA REVERSA
EVENTO LOGÍSTICA REVERSA
ABRALOG E A FRENTE MULTIMODAL
''CUSTO BRASIL EM LUCRO BRASIL"
GLOBO NEWS DESTACA XVII CNL
FM LOGISTIC CHEGA AO BRASIL
A LOGÍSTICA DO BRASIL
NOSSO ESCRITÓRIO EM BRASÍLIA
BLOQUEIO, PREJUÍZO DE 1,5 MILHÃO
FM LOGISTIC ADQUIRE MCLANE
PARCERIA COM FINEP: JURO NEGATIVO
CADA VEZ MELHOR NA FOTO
quem venceu
DIA DA LOGÍSTICA, FALA PAULO SKAF
CONVÊNIOS NO DIA DA LOGÍSTICA,
DIA DO MEIO AMBIENTE 2013
GOVERNO APROVA MP DOS PORTOS
ABRALOG COORDENA PAINEL NA FIESP
PARA GOVERNO, FERROVIA É SOLUÇÃO
SKAF: MP DOS PORTOS É VITAL
ABRALOG PARTICIPA DO SITL DE PARIS
SEMINÁRIO TOMADA DE DECISÃO
ABRALOG NA MOVIMAT NORDESTE
COMISSÃO VAI ACOMPANHAR LEI
É DA ALMA DO LOGÍSTICO NÃO SE ABATER
ARTESÃO DA LOG
CÂMARA APROVA DIA DA LOGÍSTICA
DOIS GRANDES CONVÊNIOS
LUTO NA ABRALOG
REGIONAL SUL FALA DE INFRAESTRUTURA
CURSO LEGISLAÇÃO EM LOGÍSTICA
EFICIÊNCIA LOGÍSTICA, TEMA DA CNL
SALÁRIO BOM, STATUS ESTRATÉGICO

Fale Conosco

  

63,2 BI ACERTAM LOGÍSTICA DO SE

Os 86 principais projetos de logística em discussão na região Sudeste, que representam uma economia potencial de R$ 8,9 bilhões por ano, demandariam R$ 63,2 bilhões em investimentos até 2020 para ser concluídos, conforme estudo divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Atualmente, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo gastam 4,5% do PIB da região por ano com custos de transporte, um total de R$ 108,4 bilhões.
 
Selecionados entre 337 obras de ampliação e modernização de portos, ferrovias, rodovias e hidrovias, eles se distribuem entre oito grandes eixos logísticos, quatro novos ­ (entre eles a ferrovia que ligaria Grão Mogol (MG) a São Mateus (ES) e a ferrovia MRS e a estrada de Ferro 118, de Suzano (SP) a Vitória (ES) ­ e quatro já existentes.
 
Quase metade dos investimentos, 48,5%, se concentram no modal ferroviário, aquele com menor infraestrutura instalada. As 32 obras custariam cerca de R$ 30,7 bilhões, o dobro do estimado para os empreendimentos rodoviários (R$ 14,7 bilhões) e portuários (R$ 16,6 bilhões). A ampliação da malha ferroviária, prioridade do "Projeto Sudeste Competitivo", é considerada essencial para ligar de maneira mais eficiente os centros produtores do interior aos respectivos portos para escoamento.

A situação das obras no Sudeste é muito parecida com a de outros dez eixos considerados prioritários das outras quatro regiões, identificados nas pesquisas anteriores. Todos já estiveram em algum plano governamental, muitos têm obras iniciadas, mas não conseguem ficar prontos.

 

Segundo o estudo, apenas 16 das 86 obras prioritárias já estão em andamento; as outras 70 nem começaram a etapa inicial de elaboração do projeto básico. A entidade considera "urgente" a realização das obras, sob o risco de expansão dos trechos congestionados ­ hoje presentes na BR­116 e no trecho Bela Vista­Belo Horizonte da BR­262, por exemplo ­ e consequente aumento de custos de transporte.

Conforme o gerente-executivo de Infraestrutura da CNI, Wagner Cardoso, os dados da pesquisa serão discutidos nos próximos dias com integrantes do governo federal. A ideia é que o mapeamento sirva de subsídio para a definição de políticas governamentais na região. Para Cardoso, o cenário atual, de crise econômica e redução de investimentos, exige ainda mais planejamento para que as obras efetivamente saiam do papel. "Nessa hora, você tem que pensar mais no futuro, para quando sair da crise ter um planejamento bem feito”, defende. O gerente-executivo de Infraestrutura da CNI acredita que a saída para viabilizar os investimentos passa pela maior participação da iniciativa privada nos projetos, por meio de concessões. "Lógico que agora está tudo mais difícil, mas tem demanda [para as concessões]”, pondera.

AS GRANDES ECONOMIAS

√ Considerada como a "jóia da coroa” da infraestrutura do País pelo gerente-executivo da CNI, Wagner Cardoso,  a ligação entre Mato Grosso e o Pará pela BR-163, é dos projetos com maior potencial de redução de custos (R$ 2,2 bilhões/ano), já que poderia levar cargas do agronegócio ao Norte e trazer cargas industriais em direção ao Sul, algo raro num eixo logístico. "Quando ficar pronto, muda tudo no Brasil. Estamos apostando que sai, mesmo com esse céu que não é de brigadeiro", diz Cardoso, que acredita no fim das obras da rodovia até 2018.
 
√ Outro projeto considerado por ele de grande valor seria a reforma dos portos do Nordeste para que eles possam ampliar o transporte de cargas entre as capitais pelo mar, a cabotagem. Mas, segundo ele, os projetos previstos pelo governo de ampliar os terminais, que são operados pela iniciativa privada, não vão dar grandes resultados se empresas que administram os portos, chamadas companhias Docas, não forem privatizadas. "Porto é como shopping. O que adianta ter uma loja linda, que é o terminal, se o administrador do shopping, que é a Companhia Docas, não faz propaganda, estacionamento, deixa a loja sem luz?"
 
√ Economia grande também, de R$ 372 milhões/ano, seriam a duplicação da ferrovia que liga Mato Grosso ao porto de Santos (SP) e o aumento da capacidade de receber navios desse porto. Todas essas obras estão sendo realizadas, mas ainda longe de ficarem como prevê o estudo.

√ Das obras consideradas, a grande maioria consta há ao menos uma década nos planos do governo, mas a execução patina na falta de recursos e de planejamento e na burocracia.
 
√ O caso da rodovia Presidente Dutra é emblemático. Na concessão, realizada em 1996, havia a previsão de construção de uma nova pista na serra das Araras (RJ) num trecho sinuoso em que caminhões de grande porte têm dificuldade para trafegar. A obra não foi feita e há ao menos quatro anos o governo e a concessionária negociam uma forma de fazer a nova pista. Em agosto, foi anunciada como projeto do PIL 2 (Programa de Investimento em Logística), mas só deve começar em 2016. A nova pista da Dutra, aliada a outras grandes obras já em andamento, como a duplicação da serra do Cafezal, na Régis Bittencourt (SP), e o Rodoanel Norte (SP), teriam o potencial de reduzir os custos de transportes para as empresas em R$ 716 milhões por ano no início da próxima década.

√ A Via Dutra, em São Paulo, opera com quase duas vezes a capacidade em múltiplos trechos da rodovia, sobrecarga também existente no trajeto da BR-262 entre Bela Vista e Belo Horizonte (MG), que recebe 32% mais carga do que comporta em horários de pico.
 
√ Após levantamento em quatro regiões, o trabalho relativo ao Sudeste aponta que o investimento em oito grandes eixos de transporte levaria em 2020 a uma redução de custos de transportes de cerca de R$ 10 bilhões/ano (5% dos gastos previstos).

√ Os oito eixos logísticos considerados prioritários no Sudeste:

Existentes
- BR-153 Sul: Goiás via Ourinhos (SP)
- Ferrovia ALL: Mato Grosso - Santos (SP)
- BR-050: Brasília (DF) - Santos (SP)
- BR-116 Sul-Nordeste: Via Dutra e Rio de Janeiro
 
Novos
- Ferrovia EF 354: Anápolis (GO) - Ipatinga (MG) - Açu/Central (RJ)
- Mineroduto Ferro: Morro do Pilar (MG) - Naque (MG) - Linhares (ES)
- Ferrovia: Grão Mogol (MG) - São Mateus (ES)
- Ferrovia MRS e Estrada de Ferro 118: Suzano (SP) - Vitória (ES)

VEJA A ÍNTEGRA DO ESTUDO

FONTE: G1, FOLHA DE S. PAULO E VALOR ECONÔMICO

FALE CONOSCO                         55-11-3668-5513                         COMUNICACAO@ABRALOG.COM.BR
  APOIADORES